Indicador nº 3

Proporção nascidos vivos de mães com no mínimo sete consultas de pré-natal.

Definição

Distribuição percentual de mulheres com filhos nascidos vivos, com sete ou mais consultas de pré-natal, em determinado município e ano.

Interpretação

Cobertura do atendimento pré-natal, identificando situações de desigualdades e tendências que demandam ações e estudos específicos.
Contribui na análise das condições de acesso e qualidade da assistência pré-natal em associação com outros indicadores, tais como a mortalidade materna e infantil e nº de casos de sífilis congênita.

Método de Cálculo

(Nº de nascidos vivos de mães com sete ou mais consultas de pré-natal em determinado município e período ÷ pelo nº de nascidos vivos, no mesmo município e período) x por 100.

Parâmetro

90% das mães com sete consultas de pré-natal ou mais.

Pontuação

Pontuação “Principal”:
SE resultado = parâmetro nota = 10.
SE resultado < parâmetro nota = decrescente proporcional ao % do parâmetro.
Pontuação de “acréscimo”. Para o % de mães com menos de sete consultas de pré-natal, o município receberá uma pontuação que será somada à pontuação principal da seguinte forma:
SE resultado = 100% das mães com quatro a seis consultas nota = 6.
SE resultado < 100% das mães com quatro a seis consultas, nota = decrescente proporcional ao % de mães com quatro a seis consultas.
SE resultado = 100% das mães com uma a três consultas nota = 1.

SE resultado < 100% das mães com uma a três consultas, nota = decrescente proporcional ao % de mães com uma a três consultas.

Fonte

Sinasc.

Linha Avaliativa

Acesso.

Complexidade

Básica.

Modalidade

Ambulatorial.

Atenção

Materno Infantil.

Origem

Pacto.

Ano analisado (IDSUS 2007-2010)

 2010.