Indicador nº22

Proporção de parto normal.

Definição

Percentual de partos normais de determinado município, no período considerado.

Interpretação

O parto normal está relacionado a menores taxas de complicações do parto e do recém-nascido.

Método de Cálculo

Razão de informados esperados – RIE de partos normais  de residentes  município com ajuste pelo Bayes empírico (1) x Resultado médio do indicador nos Municípios de Referência (2)..

Parâmetro

70% de parto normal

Pontuação

SE resultado ≥ parâmetro nota = 10.
SE resultado < parâmetro nota = decrescente proporcional ao % do parâmetro.

Fonte

Sinasc.

Linha Avaliativa

Efetividade.

Complexidade

Média.

Modalidade

Hospitalar.

Atenção

Materno Infantil.

Origem

Pacto.

Ano analisado (IDSUS 2007-2010)

2008 a 2010.

(1)

  • RIE - Razão de informados esperados = (nº de partos normais  de residentes do município) ÷ (nº de partos normais  esperados para  residentes do município caso ele tivesse, para cada faixa etária feminina em idade fértil, os mesmos resultados médios desse indicador, calculado diretamente para as respectivas faixas etárias femininas em idade fértil, dos Municípios de Referência, no período considerado.

  • RIE do município com ajuste pelo Bayes Empírico = (RIE do município sem ajuste X Fator de ajuste Bayes específico do município) + (RIE média  do Grupo Homogêneo de municípios da mesma região brasileira em que se localiza o município) X (1 – Fator de ajuste Bayes específico do município).

  • Fator de ajuste Bayes específico do município: Fator calculado especificamente para cada município, que depende da dispersão dos valores dos resultados da RIE entre o Grupo Homogêneo de municípios da mesma região brasileira em que se localiza o município e aumenta progressivamente, de zero (0) a um (1), conforme aumenta o denominador da  RIE do município (número partos normais esperados para residentes do município).

(2)

  • Resultado médio do indicador nos Municípios de Referência para os Parâmetros de Acesso à Atenção Ambulatorial e Hospitalar de Média a Alta Complexidade = Número de  partos normais, nos Municípios de Referência, dividido pelo número total de partos nos Municípios de Referência).