Indicador nº12

Proporção de procedimentos ambulatoriais de alta complexidade realizados para não residentes.

Definição

Quantidade de procedimentos ambulatoriais de alta complexidade realizados para não residentes, descontado os procedimentos realizados aos seus residentes em outros municípios em relação ao Total Brasil de procedimentos realizados para não residentes.

Interpretação

Mede a capacidade do município de realizar procedimentos ambulatoriais de alta complexidade para não residentes, em relação à produção total do Brasil, permitindo a comparação entre todos os municípios, independentemente do porte.

Método de Cálculo

(Número total de procedimentos ambulatoriais de alta complexidade realizados pelo município menos número de procedimentos de alta complexidade destinadas aos seus residentes realizados no próprio município e em outros municípios) dividido pelo Total Brasil de procedimentos ambulatoriais de alta complexidade destinada aos não

residentes.Obs.: Se < 0, resultado = 0.

Parâmetro

1,17% da capacidade, tendo como base a média dos municípios de referência.

Pontuação

SE resultado = parâmetro nota = 10.
SE resultado < parâmetro nota = decrescente proporcional ao % do parâmetro.

Fonte

SIA/SUS.

Linha Avaliativa

Acesso/Referência.

Complexidade

Alta.

Modalidade

Ambulatorial.

Atenção

Geral.

Origem

MS.

Ano analisado (IDSUS 2007-2010)

2010.